26 fevereiro 2007

Os Infiltrados: calando minha boca

Ou: Vencedores do Oscar 2007

legenda: acertos; segundas opções = *

filme: Os Infiltrados
direção: Martin Scorsese (Os Infiltrados)
ator: Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia)
atriz: Helen Mirren (A Rainha)
ator coadjuvante: Alan Arkin (Pequena Miss Sunshine)
atriz coadjuvante: Jennifer Hudson (Dreamgirls)
roteiro original: Pequena Miss Sunshine
roteiro adaptado: Os Infiltrados
filme estrangeiro: A Vida dos Outros*
documentário: Uma Verdade Incoveniente
animação: Happy Feet, o Pingüim*
fotografia: O Labirinto do Fauno*
montagem: Os Infiltrados
direção de arte: O Labirinto do Fauno*
figurinos: Maria Antonieta*
maquiagem: O Labirinto do Fauno
trilha sonora: Babel*
canção: "I Need to Wake Up" (Uma Verdade Incoveniente)
mixagem de som: Dreamgirls*
edição de som: Cartas de Iwo Jima
efeitos visuais: Piratas do Caribe: o Baú dos Mortos*
curta de animação: The Danish Poet
curta-metragem: West Bank Story*
curta documental: The Blood of Yingzhou District*

Contagem final:
  • big eight: 7/8 = 87,5%
  • total sem curtas: 11/21 = 52,38%
  • total com curtas: 12/24 = 50%

Comentários:

Sinto que devo me aposentar nesse negócio de acertar Oscars, a cada ano pioro. Ao menos devo parar de apostar num nome em melhor filme. Desde Chicago erro. E isso já faz 4 anos. Até O Retorno do Rei fora preterido por mim. E Os Infiltrados ganhou para calar a minha boca, que não creia de maneira alguma em sua vitória, afinal, um policial sangrento, cheio de reviravoltas e baseado numa filme chinês não é comumente laureado pela Academia, dita deveras conservadora. Apostei naquela que estava ganhando tudo no momento, que não é ofensivo e que todos adoram: Pequena Miss Sunshine. É de se notar que as premiações consideradas prévias, de nada mais valem. O Alan Arkin sequer foi indicado ao Globo de Ouro. Os Infiltrados só havia levado o DGA. Nem o que para mim era o maior lock da noite - ao lado de atriz, claro -, que estava vencendo tudo, inclusive o prêmio do sindicato, era a fotografia de Emmanuel Lubezki para Filhos da Esperança.

Entre outras surpresas, destaco a vitória do filme dos pinguins - Happy Feet: O Pingüim -, que parece ser bem idiota, sobre o ótimo Carros. E o que é pior, a Pixar tem um Oscar pelo bobo Os Incríveis, e nada por Carros... Há também a vitória da lésbica Melissa Etheridge, pela pior canção entre as indicadas - que é do pior filme entre os indicados - "I Need to Wake Up". Pela primeira vez na história do Oscar um filme com 3 canções indicadas não leva esse prêmio. Muito especulou-se sobre ele, talvez teria apostado nela se soubesse como os vontantes gostam daquele sub-filme do Al Gore.

Muitos devem ter ficado boquiabertos com a vitória de A Vida dos Outros. Aliás, antes da Cate Blanchett abrir o envelope - assim como em canção - eu senti que tinha apostado errado. O alemão levaria. Isso é bem fácil de entender, pois para votar nessa categoria necessita-se a comprovação de ter assistido a todos os indicados. Poucos membros o fazem. Geralmente são os mais velhos e desocubados, que acabam tendo um certo preconceito com obras de gênero, ainda com um quê de terror. Só não apostei nele por falta de colhões. Afinal, são os mesmos que deixarem Volver de fora.

Gostei muito da apresentação da Ellen DeGeneres. Piadas sutis, nada muito exagerado. Dois momentos geniais: ela entregando um roteiro para o Martin Scorsese e ela pedindo para Steven Spielberg bater uma fota dela com o Clint Eastwood. Simplesmente geniais. Creio que ela deveria fazer mais algumas apresentações do Oscar. Gostei bastante também do momento musical dos comediantes. Muito boa a presentação no geral. Nenhum um pouco chata.

Ótimas montagens que Giuseppe Tornatore e Michael Mann fizeram respectivamente para filmes estrangeiros e para a história do cinema americano.

Deveriam proibir a Beyoncé de cantar, ao vivo, com a Jennifer Hudson. Tadinha, ela não tem voz perto da outra.

Ennio Morricone é o cara. Suas trilhas são excepcionais e ele merecia ao menos um reconhecimento. Fiquei triste de terem mostrado momentos de poucos filmes seus, as minhas preferidas nem apareceram lá. E Celine Dion? Poupem-me, né? Enfim, lindo momento aquele discurso final, emocionado, falando em italiano, sem ninguém entender nada, com Clint, aquele que também foi revelado com Sergio Leone, traduzindo.

Forest Whitaker fez o melhor discurso da noite. Devo dizer que fiquei extremamnete triste com esse vitória. Peter O'Toole compareceu, velho e decrépito, com um monte de doenças, 8 vezes indicado, 8 vezes perdedor. Pobre velho, todo esperançoso... Fora que ele está bem melhor que o Whitaker. Genial sua frase, quando a apresentação se abre: "Porque o senhor não ganhou Oscar por Lawrence da Arábia?" "Porque outra pessoa ganhou."

Enfim, o melhor momento da noite:

Nada melhor do que os principais nomes do cinema norte-americano da década de 70 no palco. Steven Spielberg, Francis ford Coppola e George Lucas entregando o prêmio para Martin Scorsese. Lindo!

23 fevereiro 2007

Oscar: quem vencerá?

Apostas ao Oscar 2007

As apostas podem ser alteradas até o início da cerimônia.

Filme

Quem vai levar: Pequena Miss Sunshine
Talvez: Babel
Quem merece: Pequena Miss Sunshine
Injustiçado: A Conquista da Honra

Direção

Quem vai levar: Martin Scorsese (Os Infiltrados)
Talvez: Alejandro González Iñárritu (Babel)
Quem merece: Martin Scorsese (Os Infiltrados)
Injustiçado: Clint Eastwood (A Conquista da Honra) e Bryan Singer (Superman - O Retorno)

Ator

Quem vai levar: Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia)
Talvez: Peter O'Toole (Vênus)
Quem merece: Peter O'Toole (Vênus)
Não visto: Half Nelson
Injustiçado: Melvil Poupaud (O Tempo que Resta), se for elegível. Caso contrário Ken Watanabe (Cartas de Iwo Jima).

Atriz

Quem vai levar: Helen Mirren (A Rainha)
Talvez: Meryl Streep (O Diabo Veste Prada)
Quem merece: Penélope Cruz (Volver)
Não visto: Notas sobre um Escândalo
Injustiçado: Debbie Doebereiner (Bubble)

Ator Coadjuvante

Quem vai levar: Alan Arkin (Pequena Miss Sunshine)
Talvez: Eddie Murphy (Dreamgirls - Em Busca de um Sonho)
Quem merece: Djimon Hounsou (Diamante de Sangue)
Injustiçado: Steve Carell (Pequena Miss Sunshine)

Atriz Coadjuvante

Quem vai levar: Jennifer Hudson (Dreamgirls - Em Busca de um Sonho)
Talvez: Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine)
Quem merece: Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine)
Não visto: Notas sobre um Escândalo
Injustiçado: Carmen Maura (Volver)

Roteiro Adaptado

Quem vai levar: Os Infiltrados
Talvez: Pecados Íntimos
Quem merece: Os Infiltrados
Não visto: Notas sobre um Escândalo
Injustiçado: A Conquista da Honra

Roteiro original

Quem vai levar: Pequena Miss Sunshine
Talvez: Babel
Quem merece: Pequena Miss Sunshine
Injustiçado: O Tempo que Resta/ Volver

Direção de arte & Cenário

Quem vai levar: Dreamgirls
Talvez: O Labirinto do Fauno
Quem merece: O Labirinto do Fauno
Não visto: O Bom Pastor
Injustiçado: A Conquista da Honra/Cartas de Iwo Jima

Figurino

Quem vai levar: Dreamgirls - Em Busca de um Sonho
Talvez: Maria Antonieta
Quem merece: Dreamgirls - Em Busca de um Sonho
Não visto: Curse of the Golden Flower e Maria Antonieta
Injustiçado: O Labirinto do Fauno

Fotografia

Quem vai levar: Filhos da Esperança
Talvez: O Labirinto do Fauno
Quem merece: O Labirinto do Fauno
Injustiçado: Superman - O Retorno

Maquiagem

Quem vai levar: O Labirinto do Fauno
Talvez: Apocalypto
Quem merece: O Labirinto do Fauno
Injustiçado: X-Men 3: O Confronto Final

Montagem

Quem vai levar: Os Infiltrados
Talvez: Babel
Quem merece: Os Infiltrados
Injustiçado: A Conquista da Honra/Pequena Miss Sunshine

Som

Quem vai levar: Diamante de Sangue
Talvez: Dreamgirls
Quem merece: A Conquista da Honra
Injustiçado: Espelho Mágico, se elegível/Vôo United 93

Efeitos Sonoros

Quem vai levar: Cartas de Iwo Jima
Talvez: A Conquista da Honra
Quem merece: Cartas de Iwo Jima
Injustiçado: Superman - O Retorno

Efeitos Visuais

Quem vai levar: Supermam - O Retorno
Talvez: Piratas do Caribe: O Baú da Morte
Quem merece: Supermam - O Retorno
Não visto: Poseidon
Injustiçado: O Labirinto do Fauno

Canção

Quem vai levar: "Listen" (Dreamgirls)
Talvez: "Love You I Do" (Dreamgirls)
Quem merece: "Our Town" (Carros)
Injustiçado: "Till The End of Time" (Pequena Miss Sunshine), ou "A Father's Way" (À Procura da Felicidade)

Trilha Sonora

Quem vai levar: A Rainha
Talvez: Babel
Quem merece: A Rainha
Não visto: The Good German e Notas sobre um Escândalo
Injustiçado: Cartas de Iwo Jima

Animação

Quem vai levar: Carros
Talvez: Happy Feet: O Pinguim
Quem merece: só vi Carros
Injustiçado: Por Água Abaixo

Filme estrangeiro

Quem vai levar: O Labirinto do Fauno
Talvez: A Vida dos Outros
Quem merece: visto apenas O Labirinto do Fauno e Dias de Glória.
Injustiçado: Volver

Documentário

Quem vai levar: Uma Verdade Incoveniente
Talvez: Deliver us from Evil
Quem merece: visto apenas Uma Verdade Incoveniente
Injustiçado: Estamira, porque só vejo documentárioos nacionais praticamente.

Links relacionados:

Concursos:

20 fevereiro 2007

Perdidos no Mofo

O intuito da coluna é fazer pequenos comentários de filmes que nunca foram lançados em dvd no Brasil, e que talvez nunca cheguem ao mercado. São filmes muitas vezes esquecidos e não cults. Intenção: mensal.

Adoradores do Diabo (The Believers, 87)

A era do VHS se encerrou, e é uma pena ver títulos comerciais minguando. Eles faziam de tudo para vender: exaltavam, blasfemavam; títulos que hoje são verdadeiras pérolas. Um exemplo é O Ataque dos Vermes Malditos, que vem do original Tremors (Tremores). Outro é esse Adoradores do Diabo. Vem do original The Believers (Os Crentes – não no mesmo sentido que hoje se atribui aos evangélicos), que não demonstra nenhum pacto com Belzebu. Ao assistir ao filme, mais fascinado se fica, pois de Demônio só há o preconceito com diferentes cultos. O Belivers do título original se refere a crentes em Deus, com a diferença que praticam macumbas e sacrifícios. Ou seja, quem pratica sacrifícios – de animais ou de humanos – são adoradores do diabo. O que não faziam para vender? Curioso no mínimo.

O filme se inicia com um tom normal – algo muito comum em terror/suspense da década de 80 -, mostrando o cotidiano de uma família, acontecimentos engraçados. E do nada algo incrédulo, no caso, a mãe é eletrocutada pela cafeteira. O pai e o filho se mudam então para Nova York, tentando recomeçar a vida. Até que se vê num mundo de magia negra, sacrifícios, e o assassinato de crianças inocentes. O pai, por ser psicólogo, é encarregado de desmistificar todo esse fanatismo e tratar dos religiosos. Uma grande seita o coloca como alvo. Afinal, ter um filho pequeno é ideal para dar dramaticidade ao filme. Então se inicia uma instável perseguição tentando proteger o filho, começar uma nova vida e salvar pessoas.

O nome de Martin Sheen dá uma certa austeridade ao filme, que não passa de um suspense medíocre, como foi vigente na dita década perdida – mas não tanto para o cinema. São filmes assim que dão má publicidade ao cinema de gênero. E isso é triste. O suspense/terror que flerta com o absurdo só são consagrados quando vemos grandes nomes por trás, mas o cinema é feito por mais que o diretor e autor da obra, há todo um conjunto, que pode funcionar independente do realizador. Certamente, há obras referenciais que passam longe de ter uma marca pessoal, mas que resultam em filmes interessantes e distintos.
Nota: 4,5/10

É impressão minha, ou esse texto está muito ruim? Sejam sinceros.

13 fevereiro 2007

Filmes vistos em Janeiro (2007)

legenda: revistos; curtas


Dois Córregos continua genial

  1. A Malvada (All About Eve, 50) 8,5
  2. Dois Córregos – Verdades Submersas no Tempo (Idem, 99) 10
  3. Diamantes de Sangue (Blood Diamond, 06) 7,5
  4. Duelo ao Sol (Duel in the Sun, 46) 7
  5. Fahrenheit 451 (Idem, 66) 5
  6. Geri’s Game (Idem, 97) 7
  7. O Profissional (Léon, 94) 8,5
  8. A Ameaça Veio do Espaço (It Came Out from Outer Space, 53) 6,5
  9. A Profecia IV: O Despertar (Omen IV: The Awakening, 91) 5,5
  10. A Ilha dos Prazeres Proibidos (Idem, 77) 5,5
  11. O Homem que Quis Matar Hitler (Man Hunt, 41) 8
  12. Uma Noite no Museu (A Night at the Museum, 06) 6
  13. O Cozinheiro, O Ladrão, Sua Mulher e O Amante (The Cook the Thief His Wife & Her Lover, 89) 5,5
  14. O Segredo de Beethoven (Copying Beethoven, 06) 6,5
  15. Lua de Fel (Bitter Moon, 92) 8,5
  16. Valmont (Idem, 89) 8,5
  17. Os Homens Preferem as loiras (Gentleman Prefer Blondes, 53) 6,5
  18. Até as Vaqueiras ficam Tristes (Even Cowgirls get the Blues, 93) 7,5
  19. A Flauta Mágica (Trollflöjten, 75) 6,5
  20. Ponto Final (Match Point, 05) 9,5
  21. Mais Estranho que a Ficção (Stranger Than Fiction, 06) 6,5
  22. Dias Selvagens (A Fei jing juen, 91) 8,5
  23. Você é tão Bonito (Je vous trouve très beau, 05) 5
  24. O Ataque dos Vermes Malditos (Tremors, 90) 7,5
  25. Sem Essa, Aranha (Idem, 70) 5
  26. Babel (Idem, 06) 2,5
  27. Adoradores do Diabo (The Believers, 87) 4,5
  28. Segundas Intenções (Cruel Intentions, 99) 4,5
  29. Uma Mulher do Outro Mundo (Blithe Spirit, 45) 7,5
  30. Minha Mãe é um Lobisomem (My Mom's a Werewolf, 89) 6,5
  31. Tudo em Família (The Family Stone, 05) 7
  32. O Triunfo (The Ron Clark Story, 06) 7
  33. Um Mundo Perfeito (A Perfect World, 93) 7,5
  34. Capitão Sky e o Mundo de Amanhã (Sky Capitain and the World of Tomorrow, 04) 6
  35. O Viajante (Homo Faber, 91) 7
  36. Tiros na Brodway (Bullets Over Boradway, 94) 8
  37. Apocalypto (Idem, 06) 7
  38. Tropas Estelares (Starship Troopers, 97) 8,5
  39. O Homem Elefante (The Elephant Man, 80) 9
  40. A Trapaça (The Spanish Prisioner, 97) 7
  41. Stigmata (Idem, 99) 7,5
  42. Déjà-Vu (Deja-Vu, 06) 6
  43. Todos os Cães Merecem o Céu (All Dogs Go to Heaven, 89) 7,5

Comentários: 1,39 filmes/dia. 6,9/filme. Existem dois cineastas atuais que extretamente crucificados, Ed Zwick e Mel Gibson, e mais uma vez fizeram belos filmes e por eles foram muito criticados, Diamante de Sangue e Apocalypto: uma pena; Truffaut fora da fora me decepcionou, Fahrenheit 451 não chega aos pés de suas obra francesas; O Profissional é um filme lindo; A Profecia IV é bem melhor do que esperava; muito melhor que a refilmagem de A Profecia; O Homem que Quis Matar Hitler é um filme genial, continuo achando a fase americana melhor que a alemã - talvez deva ver mais coisas de ambas -; Ponto Final, numa revisão, contiua um filmaço, mesmo que perca um pouco do impacto inicial; há uma coisa muito triste quanto a rever filmes: às vezes um filme que antes era genial, torna-se apenas comum - Segundas Intenções originalmente tinha 8,5, A Trapaça 9 e O Homem Elefante 10 -; Déjà-Vu é uma obra-prima se levar em conta que é dirigido por Tony Scott; acho que deveriam dar mais créditos ao diretor de animações Don Bluth, Todos os Cães merecem o Céu é mais uma bela obra do homem; Tropas estelares é genial, eu quero ser um patrulheiro galáctico e matar insetos gigantes! E pensar que na época foi abominado e galardeado com bolas pretas. Tristíssimo.

Melhores

  1. Dois Córregos - Verdades Submersas no Tempo
  2. Ponto Final
  3. O Homem Elefante
  4. A Malvada
  5. Tropas Estelares
  6. O Profisional
  7. Dias Selvagens

Piores

  1. Babel
  2. Segundas Intenções
  3. Adoradores do Diabo
  4. Você é Tão Bonito
  5. Sem Essa, Aranha