24 junho 2006

Quando Explode a Vingança

Quando Explode a Vingança (Duck, You Sucker, 71)

Sergio Leone é um dos mais fantásticos diretores que já existiram. Um mestre que reinventou um tema que só John Ford conseguira levantar da decadência, o faroeste. O utensílio de primeiríssimos planos é constante, e isso só deixa o filme mais sedutor. O charme do cinema de Leone é a inversão da tradição, de certa forma, fugindo de temas habil e amplamente já demarcados no cinema clássico. Quem se importa com índios, patriostimo e uma sociedade civilizada se ela é podre, se as pessoas são perversas por natureza, se índios não são ameaças ou motivo de caça... Leone explora um cinema melancólico, fundado na dor e deseperança, tantas vezes já, malandragem e banditismo foram o tema mais importante e criativo, não por mostrar o outro lado da moeda, e sim todos os lados, pois todos são malandros e bandidos em ao menos algum aspecto.

Nesse segundo episódio da trilogia da América, Leone faz seu "pior" filme. Era Uma Vez na América e Era Uma Vez no Oeste são duas obras-primas indiscutíveis e esse Quando Explode a Vingança (ou Era Uma Vez na Revolução) faz parte do coro, com menos destaque, mas igual singeleza e plenitude. E pensar que retratar problemas de fronteira não estava tão na moda quanto hoje.

Cada quadro é um espetáculo, e o final, um dos mais lindos que já vi. Talvez o que mais contribua para o filme seja o aspecto debochado das personagens principais, e isso não quer dizer que o filme foge do padrão sério e contido(?) de seus outros western-spaghtti. A capa e os comentários me passaram uma imagem completamente diferente. A ironia tem presença forte no cinema leoniano, mas o melodrama é o fator extra e único. Quando Explode a Vingança não é diferente.

Ennio Morricone com mais uma composição brilhante.

Aliás, vejo esse filme como uma grande influência para Três Enterros, mesmo que a principal referência seja o ainda não visto por mim, Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia.

Nota: 98/100

Top Sérgio Leone (tendo visto todos os creditados)

  1. Era Uma vez na América
  2. Por Uns Dóalres a Mais
  3. Era Uma Vez no Oeste
  4. Quando Explode a Vingança
  5. Três Homens em Conflito

Escutando: Rngleader of Tormentors - Morrisey
Lendo: A Cidade e as Serras - Eça de Queiróz

1 Comentário(s):

Anonymous Anônimo disse...

Sure you don't want to run and get your poxy Captain Quadde and hide behind his skirts?
buy hydrocodone online

dezembro 24, 2006 7:42 PM  

Postar um comentário

<< Voltar